Como revisar seu currículo com foco nas soft skills?

Montar um currículo com foco nas soft skills pode parecer difícil, mas queremos te provar que não. Uma coisa é fato, para qualquer cargo ou função que queremos alcançar, precisamos ter as habilidades técnicas. Ou seja, se você trabalha em marketing, com eventos, precisa entender e saber acompanhar a produção de um. Se você trabalha com confeitaria, certamente terá especialidade em bolos ou cupcakes. Os exemplos podem ser muitos. Logo, essas são as chamadas hard skills, ou habilidades técnicas de um trabalho. Porém, temos visto um foco muito grande nas chamadas habilidades humanas ou habilidades interpessoais, ou seja, as soft skills. E são essas as habilidades que diferenciam as pessoas ao longo de um processo seletivo, e por que não dizer ao longo da vida?

Pois bem, e como destacar essas habilidades em seu currículo? Anote as dicas abaixo e incorpore em seu CV o mais breve possível!

#1 Detalhe melhor a sua função

Em geral, a gente tende a listar nossos cargos e empresas pelas quais passamos ao longo de nossa carreira. Isso é excelente, mas não é tudo. Por exemplo, você trabalha em uma agência e seu cargo é atendimento. Show! Porém, um breve descritivo de quais eram suas atividades pode ajudar quem recruta, ou o sistema usado, a filtrar melhor e combinar você com a vaga. Já adianto que não é necessário uma redação mas sim, 2-3 linhas que detalhem o que você faz. Então, não custa adicionar: atendimento à empresas do segmento industrial, ou alimentício. Se são empresas de pequeno, médio ou grande porte. Volume de campanhas anuais.

Tenha sempre em mente, o recrutamento é um processo, CV´s cairão em uma triagem e nessa triagem você precisa reforçar as palavras-chave. Sem dúvida isso já será um diferencial. Anote: “o óbvio precisa ser dito”. Não parta do princípio que uma equipe de recrutamento entenderá tudo o que estiver escrito em “entrelinhas”.

Um exercício que pode ajudar nessa tarefa é enviar seu currículo para 2 pessoas. Alguém da sua área e alguém totalmente fora. Peça que estas pessoas leiam e te perguntem dos pontos sobre os quais elas tiverem dúvidas. Isso, com certeza, ajudará no escopo final do seu CV.

#2 Use exemplos, ou seja, números e resultados

Números e resultados consolidam a sua expertise. Resultados mostram, em forma de ganhos reais, os benefícios que uma empresa terá ao te contratar. Em outras palavras, reforce, através de números e fatos, a sua importância em um time ou equipe. Por exemplo: “redução em “x%” dos gastos no departamento “Z”. Ou, fiz parte da equipe que aumentou em “Y%” o número de vendas em minha empresa. Portanto, além de mostrar aquilo que você sabe fazer, o como e qual o resultado também são importantes e precisam ser reforçados.

Um currículo sem o mínimo de resultados fica vago e se torna apenas um texto descritivo. Não deixe que isso aconteça. Então, revise suas melhores entregas e resultados e inclua em seu CV.

Ok, até agora eu falei em hard skills, as habilidades técnicas e como distribuir elas, mas e as soft skills? Entram onde? Bom, tenha em mente que não é sal, não podemos usar a gosto. Por isso, é importante definir as habilidades técnicas, para incluir as humanas de uma forma que faça sentido. E qual é essa forma? Anote o item 3 abaixo.

#3 Como destacar as soft skills no currículo?

Bom, há diversas formas de montar um currículo com foco nas soft skills. Em geral, e talvez a mais óbvia, é em um tópico ou highlight logo abaixo das informações técnicas, empresas e cargos. É evidente que não existe uma regra que obrigue a ser assim. Eleja de 3 até 5 principais, que estejam de acordo com sua especialidade, ou seja, que façam sentido para o que você faz e liste-as.

Outra área, a depender o destaque que você quer dar ao tópico, é colocar logo abaixo da informação do cabeçalho. Claro, desde que, você se conheça bem e conheça suas habilidades e queira reforçá-las antes de tudo. Para cargos de gestão isso é importante, é um tema que merece destaque. Aqui cabem de 3 a 5 principais também.

Agora, na nossa opinião aqui na ICB, uma das melhores formas é incluir as soft skills junto com os números e resultados. Logo, você mostrará ao entrevistador como estas habilidade te ajudaram a alcançar os resultados que você mencionou. Uma vez que, o sucesso do trabalho se deve a diversos fatores que vão além do lado técnico. Já que pessoas que se relacionam bem conseguem fazer o trabalho fluir. Por essa razão você é a melhor pessoa que a empresa poderia escolher, certo ou com certeza?